Johnson & Johnson multada! Talco infantil causa câncer

Johnson & Johnson Multada!

A Johnson & Johnson é responsável pela morte por câncer do ovário de uma mulher que usava dois tipos diferentes de talco da empresa. Um júri Missouri determinou que a , e obrigou a empresa  pagar R $ 72 milhões em danos.

johnson

Os produtos considerados causadores foram: Talco baby powder e Banho a Banho, ambos os quais ela teria usado por várias décadas, informou a Reuters.

A família de Jacqueline Fox ganhou a ação. O júri na corte de St. Louis determinou que fossem pagos US $ 72 milhões em danos.  A Reuters informou que a família, acusou Johnson & Johnson de colocar o lucro antes da segurança dos consumidores ao não avisar que os seus produtos à base de talco podem causar câncer.

Outros 1.000 ou mais casos semelhantes aguardam a atenção em tribunais estaduais do Missouri, bem como 200 em Nova Jersey, informou a Reuters.

Fox morreu em outubro com 62 anos.

Os jurados disseram que a Johnson & Johnson cometeu fraude, negligência e conspiração. O advogado da família Fox disse que a empresa “sabia, desde a década de 1980 do risco” e que continuou “mentindo para o público, e influenciando agências reguladores de cosméticos.

Cerca de metade da indenização será doada para um fundo que atende vítimas de crimes de Missouri.

A empresa, que deverá recorrer, divulgou uma nota afirmando que o produto é seguro.

Mas a Johnson & Johnson disse que a segurança sempre veio em primeiro lugar.

“Não temos maior responsabilidade que a saúde e segurança dos consumidores e estamos desapontados com o resultado do julgamento”, disse o porta-voz da empresa Carol Goodrich, para Reuters. “Estamos solidários com a família do autor, mas acredito firmemente na segurança do talco que é comprovada por décadas de evidência científica”.

A Johnson & Johnson foi obrigada a pagar 72 milhões de dólares à família de uma mulher que morreu de câncer de ovário, vítima de uso contínuo de sua linha de talcos, inclusive o voltado a bebês.

A corte de St Louis, nos Estados Unidos, condenou a empresa de produtos de higiene pessoal por não alertar o público sobre os males que o talco poderia causar se fosse usado continuamente.

Jacqueline Fox, autora da ação, faleceu com 62 anos, depois de ter usado o talco para bebês Johnson’s Baby Powder e o talco para mulheres Shower to Shower por 35 anos para sua higiene íntima.

Segundo o processo, ela desenvolveu câncer de ovário por conta desses produtos. Cerca de metade da indenização será doada para um fundo que atende vítimas de crimes do Missouri.

Fonte

Adaptação e Revisão

logo-1-horizontal

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *