Bater no filho, você é contra ou a favor? Resolve ou não?

Dizem os antigos , Uns belos açoites no momento certo nunca matou ninguém ..E fazem milagres , Sera mesmo ??

Não é isso que pensa a nova geração , que com leis duras , punem que resolve educar o filho de maneira mais rude , hoje em dia ha meios de fiscalização como controle social, os chamados conselho tutelar , tem entre as muitas funções , garantir que crianças não sejam agredidas fisica e intelectualmente.

BATER NO FILHO – VOCÊ E CONTRA OU A FAVOR – POLEMICA

BATER NO FILHO – VOCÊ E CONTRA OU A FAVOR – POLEMICA

Estudos comprovam por A mais B que bater em criança é, de longe, a pior solução quando o objetivo é educar ou ensinar algo. Pelo contrário, violência física contra crianças ou adolescentes podem trazer resultados péssimos para um ser que poucas vezes é entendido como deveria. E muito disso vem da cultura idiota de que não podemos errar.

O tema é polemico , alguns dizem que a culpa do mundo ta como ta , é culpa dessa nova geração nutella , que não bate no filho e quer resolver tudo na converssa.

Bater no filho, você é contra ou a favor? Resolve ou não?

Antes bater no filho em casa, que ele apanhar da policia na rua .. ditados como esse são muito comun nas redes sociais hoje em dia.

terapeuta de família Verônica Muraro afirma a importância de dar limites às crianças sem recorrer à agressão física ou emocional.

“A criança tem que saber que não pode tudo e que não manda nos pais, mas bater não é a solução para isso. Se não, ela vai achar que brigando e berrando é que se dá limites aos outros, uma vez que foi assim que lhe foi ensinado. Os pais têm que dar limite com limite”, pondera a terapeuta. Segundo Verônica, quando a criança vai crescendo, os pais devem tentar entrar em um acordo com ela.”O adulto deve mostrar que existem coisas chatas que precisam ser feitas, como estudar, comer verdura… Mas também existem as compensações como brincar, jogar videogame”, afirma Verônica, acrescentando ainda que a mesma mãe que diz “não” deve também sinalizar quando o filho fizer algo legal. “Assim ele vai ter a exata noção do que é bom e o que não é”, conclui.

E VOCÊ , OQUE PENSA SOBRE O ASSUNTO ??

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *