Governo libera calendário para pagamento das contas inativas do FGTS.

Calendário para saque FGTS das contas inativas – FGTS

O governo disponibilizou hoje o calendário para saque FGTS das contas inativas.

Confira:

calendário para saque FGTS das contas inativas

Veja as datas para os saques resumida

Nascidos em janeiro e fevereiro: sacam a partir de 10 março

Nascidos em março, abril, maio: sacam a partir de 10 de abril

Nascidos em junho, julho, agosto: sacam a partir de 12 de maio

Nascidos em setembro, outubro, novembro: sacam a partir de 16 em junho

Nascidos em dezembro: sacam a partir de 14 julho

De acordo com o governo, são mais de R$ 43 bilhões parados nessas contas e o governo calcula que, desse total, R$ 34 bilhões serão sacados por trabalhadores.

Mais da metade dos trabalhadores tem, no máximo, R$ 500 para sacar, segundo o governo. Outros 24% têm saldo entre R$ 500 e R$ 1.500.

Os dois grupos representam 80% do total de pessoas com direito a sacar o dinheiro.

Os demais têm mais de R$ 1.500 a receber.

 Antes, só tinha direito a sacar o FGTS de uma conta inativa quem estivesse desempregado por, no mínimo, três anos ininterruptos.

Agora, a pessoa que pediu demissão ou foi demitida por justa causa até 31 de dezembro de 2015 vai poder sacar o saldo que ficou na conta.

E seu eu não quiser sacar o dinheiro dessas contas inativas, ele continuará rendendo?

Com rentabilidade inferior a outras aplicações consideradas conservadoras, especialistas dizem que é vantajoso para o consumidor sacar o FGTS para pagar dívidas ou buscar outras aplicações mais rentáveis.

O FGTS rende 3% ao ano mais a taxa referencial (TR), enquanto a poupança rende 6,17% ao ano mais a TR. Em 2016, o rendimento financeiro da poupança foi de 8,3%. Já o do FGTS foi de 5,01%, abaixo da inflação oficial de 2016, que foi de 6,29%.

Para saber mais detalhes se você tem direito ao saque, confira esta matéria: Dicas para sacar o FGTS das contas inativas.

Fonte – G1

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *