Estão Procurando Pessoas Para Abraçar e Dar Calor AA Bebês Prematuros e Assim Salvá-los

Não é segredo para ninguém que bebês prematuros são extremamente frágeis.

Por isso precisam de cuidado especiais, e isso inclui a participação médica e muito amor.

Alguns hospitais estão abrindo espaço para voluntários trabalhar nas unidades de terapia intensiva.

Sabe o que isso significa?

Que pessoas comuns, como a gente, podem ajudar na saúde dos bebês prematuros com uma ação de dar inveja: abraçando!

Isso mesmo!

O projeto recebeu o nome de “Baby Cuddler”, que significa “Abraçadores de bebê”.

A ideia surgiu no Hospital Geral Saint-Boniface, na cidade de Winnipeg (Canadá), a fim de atender os bebês que não podiam ter contato físico com os pais ou parentes.

Um exemplo, infelizmente muito comum, é o de mães que são viciadas em drogas.

Após o parto, muitas delas desenvolvem a síndrome da abstinência neonatal, precisando ser internadas em centros de reabilitação.

Diante dessa situação, os voluntários passam calor humano aos bebês prematuros.

Há dois benefícios muito importantes para esses pequenos:

1. O bebê passa a dormir melhor

2. O bebê fica mais tranquilo por se sentir seguro

Isso não é uma simples especulação.

Um estudo foi realizado com 73 bebês prematuros, que foram separados em dois grupos.

O primeiro recebeu o calor gerado por abraço humano por 1h durante 14 dias.

 

 

Enquanto o segundo recebeu o tratamento convencional.

O método canguru, que consiste me ter o bebê amarrado ao corpo, foi estudado pela professora de psicologia e neurociência da Universidade de Tel Aviv, Ruth Feldman.

Segundo ela, todos os bebês favorecidos pelo contato tiveram um sono mais agradável.

Todos eles tinham em média entre 3 e 12 meses de idade.

Após 5 e 10 anos desse estudo, a equipe de Feldman analisou essas mesmas crianças e constatou que elas apresentavam um melhor controle em situações de estresse (como falar em público, por exemplo) do que as que receberam apenas o tratamento convencional.

A cada ano, mais e mais hospitais estão abrindo as portas para esse projeto no mundo todo.

Procure saber em sua cidade se há alguma instituição que esteja precisando desse tipo de ajuda.

Fonte

Loading...

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *