Os 19 Mandamentos De Uma Famosa Educadora Para Que os Pais Não Errem Na Educação Dos Filhos

Crianças não vêm com manual de instruções, é verdade.

No entanto, não precisamos errar ou coibir o desenvolvimento delas por falta de conhecimento, como muitos fizeram no passado.

A pedagogia está aí para provar que podemos criar filhos que desenvolvam o pensamento crítico, a coordenação motora e até inteligência emocional.

Neste processo de oferecer um mundo melhor aos pequenos, a famosa pedagoga Maria Montessori deixou vários ensinamentos para os pais e os educadores.

E é sobre isso que vamos falar neste post.

Segundo a pedagoga, os adultos são como mediadores que conduzem as crianças ao conhecimento.

Portanto, é nossa obrigação facilitar o aprendizado das crianças.

Publicaremos a seguir uma lista de orientações, mais conhecida como “os mandamentos de Maria Montessori”.

Confira:

1. Ofereça um ambiente propício

Separe um espaço com jogos, material adequado, iluminação, ventilação e segurança.

E pode deixar que elas serão capazes de aprender muitas coisas.

2. Evite criticar em excesso

Pode ter certeza que filhos de pais muito rígidos e críticos crescem julgando tudo e todos – imagine só como podem se comportar na escola.

Ou seja, elas não só aprendem o que leem, mas também o que ouvem e veem.

3. Valorize o esforço do seu filho

Fazendo isso, ele aprenderá a reconhecer que grandes resultados envolve um grande esforço.

4. Evite mostrar hostilidade

Este tipo de atitude só dificulta o aprendizado.

A criança deve sentir-se segura para pensar e agir sem medo de ser friamente criticada.

5. Seja justo

Uma criança que aprende cedo o senso de justiça torna-se alguém confiável e sente-se segura para confiar na família.

6. Evite ridicularizar seu filho em público

Quando isso acontece, as crianças ficam mais tímidas e retraídas.

Maria Montessori ainda nos alerta para distanciarmos dos preconceitos e rótulos, coisa que muitos pais têm usado contra os filhos.

7. Mostre que a criança pode confiar em você

Quando crescemos num ambiente seguro, nos tornamos mais independentes e felizes.

Portanto, evite mentir ou colocar seu filho em risco.

8. Ensine como podemos aprender com os erros

Muitos adultos não sabem lidar com as próprias falhas, então o sentimento de culpa se torna excessivo.

Agora imagine como não se comporta uma criança diante do fracasso.

É preciso que o ser humano não entre em depressão quando errar, mas que reconheça os erros e assuma as responsabilidades.

9. Ouça e leve em consideração as ideias das crianças

Muitos pais caem no erro de ignorar tudo o que o filho fala por achar que criança nunca tem algo relevante a dizer.

Entenda: para os pequenos, tudo o que eles dizem é sempre relevante.

Se você pelo menos ouvir, e conseguir levar em consideração quando possível, facilitará o desenvolvimento do seu filho.

Com certeza ele se sentirá parte da família e bastante respeitado.

10. Saiba gerenciar as necessidades das crianças

Assim, elas saberão que nem tudo pode ser conquistado imediatamente, ou seja, é preciso ter paciência.

 

 

11. Encoraje seu filho

Cada erro ou falha é uma nova aprendizagem.

Portanto, mostra a criança que ela pode ir mais além.

12. Mostre que seu filho é amado

Isso conforta qualquer coração inseguro.

Além disso, o amor é um grande potencializador para a aprendizagem.

É muito importante que ela se sinta especial dentro de casa.

13. Não fale mal da criança na frente dela

Esse tipo de atitude só faz os pequenos se sentirem desrespeitados.

14. Concentre-se nos pontos positivos do seu filho

Isso não quer dizer que você não vai repreender quando necessário, mas é importante elogiar e mostrar as qualidades que devem permanecer na criança.

15. Respeite as perguntas e comentários da criança

Caso contrário, seu filho se sentirá inferior e incapaz.

E, para piorar, deixará de assumir responsabilidades.

16. Sempre respeite a criança, especialmente quando erram

É bom dar uma segunda chance quando seu filho comete erros, isso porque ele tem oportunidade de rever onde houve a falha.

Muitas vezes, tudo o que precisam é de paciência.

Não veja um erro como falta de habilidade, todo mundo erra, afinal de contas.

17. Você deve saber o limite para ajudar uma criança

É muito importante dar suporte ao seu filho quando ele mais precisa.

No entanto, você também deve saber que o pequeno é protagonista da própria história e precisa desenvolver habilidades.

Sendo assim, não faça tudo pela criança.

Deixe que ela faça sozinha o que é capaz de fazer.

18. Ajude seu filho a entender que ele está progredindo

O tempo mostra que todo mundo consegue desenvolver habilidades que não era capaz de fazer antes.

Se a criança tiver consciência disso, pode lidar melhor com as frustrações.

Fale palavras de amor e encorajamento para que ela se sinta mais segura.

19. Ofereça o seu melhor à criança

Procure ensinar valores, passar bons sentimentos e ter momentos únicos com seu filho.

Com certeza ele nunca vai esquecer.

Fonte

Loading...

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *