PREFEITURA ENVENENA MAIS DE MIL CÃES E ANUNCIA QUE VAI MATAR MAIS 2 MIL, VEJA

O PRESIDENTE DA JURISDIÇÃO MUNICIPAL DISSE QUE FOI APENAS A PRIMEIRA FASE DA OPERAÇÃO.

A violência no mundo tem tomado proporções alarmantes e revelado o lado mais sombrio da mente humana. Parece que não há mais nada que dê um basta a maldade das pessoas.

A informação estaria sendo mascarada e escondida pela coordenação  , mas veio a tona nessa manhã de segunda feira, quando um funcionário revoltado , publicou as fotos em um  grupo de whatzap . Saiba mais , Continue lendo o texto logo abaixo.

PREFEITURA ENVENENA MAIS DE MIL CÃES E ANUNCIA QUE VAI MATAR MAIS 2 MIL, VEJA

PREFEITURA ENVENENA MAIS DE MIL CÃES E ANUNCIA QUE VAI MATAR MAIS 2 MIL, VEJA

Mais de mil cães de rua foram envenenados por servidores públicos da prefeitura de Karachi, depois de denúncia que os cachorros haviam mordido crianças e mulheres.

Um total de 1.050 cães foram sacrificados nesta que é apenas a primeira fase da operação na cidade , da operação , que tem previsão de matar outros 2.000 cachorros .

Não tendo como esconder o caso ,  visto que ja se espalhou pela internet e redes sociais , Renan Hashmi, assumiu que é verdade , ele ocupa o cargo de presidente da jurisdição municipal e defende  o programa de extermínio de cães dizendo que as autoridades receberam uma onda de críticas sobre as mordidas dos animais de rua.

A operação é piloto modelo , para outras que serão adotadas em todo país como forma de controle em áreas urbanas, disse o secretario responsável  e que existe uma clausula na lei que permite tal ações.

O tema dos direitos dos animais não está presente na sociedade, mas pouco a pouco surgem grupos de veterinários e ativistas que buscam encontrar um equilíbrio para conciliar a vida dos cães ao medo de parte da população, que os consideram impuros com base em mitos religiosos.

Com informações Brasil Verde Amarelo e adaptação NewPangea.

OPINIÃO : Ao invés de executar os animais, deveria existir investimento em políticas para tirar esses animais da rua.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *