Sapatos dentro de Casa Nunca mais!

Sapatos no Interior de Casa ao vir da Rua

Sapatos, chinelos, tênis, etc… O perigo está no fato de vir da rua com qualquer um deles.

Ao vir da rua para sua casa, você tira os sapatos ou entra calçado? Se entra calçado, recomendamos urgente: mude já esse hábito. A maioria dos asiáticos, especialmente os japoneses, andam descalços dentro de casa. E normalmente, quando chegam em casa, eles tiram o sapato antes de passar pela porta de entrada.

sapato

Cultura? Vejamos…Eles acreditam estar deixando as energias impuras coletadas na rua, na rua mesmo, e com isso demonstram respeito ao entrar em uma casa por não querer suja-la e humildade por pisar ali descalço como se fosse um lugar “sagrado”.

Ao menos a minha casa para mim é sagrada, gostei da filosofia. (risos).

E será que é somente por isso que eles o fazem?

Acha que isso é por acaso? Não, é fruto de um povo com sabedoria milenar.

E agora os ocidentais, com suas pesquisas científicas, estão começando a entender o hábito dos japoneses.

A Universidade de Houston realizou uma pesquisa e descobriu que 39% dos sapatos continham bactérias Clostridium difficile. Essa bactéria é uma ameaça pública e resistente a vários antibióticos.Os problemas que podem ocorrer são diarreia e, o mais grave, a inflamação do cólon.

Outro estudo, desta vez na Universidade de Arizona, descobriu 9 formas diferentes de bactérias encontradas na sola dos sapatos.

Para você ter ideia, a parte inferior do calçado é mais suja do que assentos sanitários.

tirar-sapatos-4

O Dr. Charles Gerba, microbiologista e professor, resolveu fazer uma experiência para saber até onde isso é grave.

Comprou sapatos novos, usou por apenas duas semanas e encontrou 440.000 unidades de perigosas bactérias que podem provocar, entre outros problemas, pneumonia e infecção respiratória.

A Clostridium difficile atinge apenas quatro de cada dez pessoas, mas há muitos outros tipos de bactérias e elas precisam ser evitadas.

Um piso de banheiro público, por exemplo, contém 2 milhões de bactérias por polegada quadrada.

O que acontece se você pisar num ambiente desse e depois entrar em casa sem tirar os sapatos?

Consequências ainda mais graves ocorrerão se você tem filhos pequenos em casa, pois eles colocam as mãos no chão, se deitam e rastejam.

Para um bebê de até 2 anos, com o sistema imunológico ainda em formação, isso é um verdadeiro perigo!

Também devemos levar em consideração que o solado do sapato pode acumular resíduos de produtos químicos, germes e agentes patológicos.

Por isso definitivamente aconselhamos você a deixar os calçados do lado de fora da casa.

Alguns ocidentais já têm esse costume de só andarem pela casa descalços.

Você ainda não se convenceu ?

Esse é um gesto higiênico, acima de tudo. Você já parou pra pensar em quantos germes e bactérias você traz diariamente na sola do seu sapato pra dentro de casa?

Lixo, cocô de cachorro, tem gente que até cospe no chão na rua (nojo!!!).

Um estudo da Agência Nacional de Proteção Ambiental dos EUA (EPA), alerta para o fato de que 96% dos calçados de quem caminha pela rua têm contato com germes e bactérias, ou seja, praticamente todo mundo chega com o sapato nojento em casa (já vimos acima).

A bactéria mais comum que vem da rua pra casa é Escherichia Coli, que pode causar diarreia, infecção urinária, doença respiratória e até pneumonia!

sapatos sapatos

Vamos ver algumas dicas para aliviar este problema:

Dica 1:

Para reduzir ainda mais os riscos, higienize a sola seus calçados regularmente com água e sabão.

Dica 2:

Para reduzir em até 85% a quantidade de sujeira, coisas nojentas e bactérias no chão do seu lar, monte um cantinho na entrada da sua casa, usando caixotes, com mesma função de um genkan (aquele espaço degrau que serve pra dividir a entrada principal da casa do restante do imóvel), assim ele se tornará um lembrete pra você e para os visitantes, de que os sapatos devem ser deixados ali, antes de entrar.

Dica 3:

Deixe sempre um produto de higiene para os pés a disposição próximo a área onde os sapatos ficam. Caso algum amigo tenha problema com chulé, isso pode salvar o dia.

Dica 4:

Deixe chinelos a disposição para quem não se sente a vontade quando descalço.

É importante entender os benefícios e procurar mudar seu hábito. Comece já!

Fonte 1 | Fonte 2

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *