Se você tem cãibras com frequência, estas são as razões – e como solucioná-las naturalmente

Muita gente sofre com cãibras frequentes.

Além de dolorosas, elas impedem a mobilidade.

É muito ruim quando elas aparecem.

O sofrimento pode durar segundos e até se estender por alguns minutos.

Se você fizer muito esforço, então talvez sofra até por 1h.

A cãibra costuma aparecer de tempos em temos.

Se isso acontece com frequência, procure um médico.

As causas são variadas.

Veja:

– Desgaste causado pelo envelhecimento

– Gravidez

– Atividade física intensa

– Desequilíbrio na dieta

– Desidratação

– Sedentarismo

Para aliviar essas cãibras, o tratamento deve começar com exercícios adequados.

Separamos algumas dicas:

1ª dica

Sente-se e estique sua perna para cima, segurando a ponta do pé o máximo possível.

2ª dica

Se a cãibra for no pé, sente-se e estique os dedos.

3ª dica

Deite suas costas no chão, estique a perna e puxe para o corpo, segurando nessa posição por 20 segundos.

 

 

4ª dica

Massageie a área afetada para melhorar a circulação

Além desses exercícios, tente seguir uma dieta equilibrada e tomar banhos frios.

O uso de almofadas nas pernas pode ser muito bom também.

Se possível, use sapatos ergonômicos, pois são mais confortáveis.

E temos mais dicas:

– Faça caminhada rápidas, diariamente, por 10 minutos

– Coma bananas frequentemente, pois são ricas em potássio

– Beba bastante água ao longo do dia

– Termine o banho com água fria nas panturrilhas

Se a crise chegar, tente se levantar da cama e andar lentamente pela casa – essa é uma recomendação de muitos médicos.

O problema é se a dor for muito intensa.

Nossa dica é: envolva sua perna com um pano molhado em água fria.

Feito isso, cubra com outro pano seco.

O revestimento frio produz um efeito relaxante sobre a musculatura e acalma a dor.

Se começar a aquecer após 15 minutos, você pode renová-lo.

Se você se sentir confortável com isso, pode deixá-lo pelo resto da noite.

Para potencializar o efeito, podemos adicionar um pingo de vinagre.

Fonte

Loading...

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *