8 Truques Que Os Restaurantes Usam Para Você Acabar Gastando Mais

Por mais que você realmente goste e valorize uma comidinha caseira, precisamos admitir que todo mundo uma hora ou outra acaba se rendendo a um prato de restaurante não é mesmo?

Seja por causa da correria e falta de tempo do dia a dia, ou até mesmo pelo desejo de variar. E apesar de realmente apreciarmos esse tipo de programa, todos nós sabemos que os restaurantes tem os seus próprios pequenos truques para nos conquistar e também fazer com que gastemos um pouquinho mais ali.

Pensando nisso nós aqui da Fatos resolvemos te contar hoje, quais são os 8 principais truques que praticamente todo restaurantes usa, do mais simples ao mais sofisticado, para te persuadir a gastar um pouco mais. Confira!

1- Em self-service eles utilizam um mesmo ingrediente para formar vários pratos diferentes

01

Se tem uma coisa que realmente faz a gente encher o prato, é a tal da variedade. Por que por mais que você saiba que não precisa comer tudo aquilo, você acaba colocando um pouquinho a mais com a intenção de pelo menos provar um pouco da maioria dos prato, não é mesmo?

Mas o que muitos restaurantes fazem é “reciclar” o mesmo ingrediente em vários pratos, assim você se força a colocar um pouco a mais pensando na variedade, mas por fim, acaba consumindo uma mesma coisa, por muitas vezes.

2- Pratos exageradamente decorados

02

Na alta gastronomia, todos sabem que um prato deve ser tão belo quanto ele deve ser saboroso, mas por outro lado, alguns restaurantes acabam utilizando desse artifício, para oferecerem pratos muito interessantes visualmente que possuem pouco conteúdo.

Além disso, a decoração é um excelente recurso visual, que acaba agregando valor ao prato, e valorizando até os mais simples dos alimentos.

3- Oferecer poucas opções em um cardápio

03

Até pode parecer que não, mas estudos avaliaram, que um cardápio adequado deve conter no máximo 7 opções de pratos, caso contrário, a grande variedade de opções, pode fazer que as pessoas recorram a sua zona de conforto, isso significa dizer, que elas acabaram pedindo um prato mais popular ou um prato que já conhecem.

Já o cardápio que contem poucas, ou até 7 opções como citamos anteriormente, gera a situação reversa, criando curiosidade e expectativa sobre os pratos, levando os clientes a consumir muitas vezes um prato mais elaborado, que consequentemente terá um maior valor agregado.

4- Descrever a comida

04

Você já viu algum comercial de fast food? Onde os alimentos “pornograficamente” são descritos e mostrados em câmera lenta? Pois bem, as descrições que vem embaixo e cada prato servem não somente para de fato esclarecer o que contem nele.

Muitos estabelecimentos usam termos e substantivos nessas descrições que o nosso cérebro automaticamente assimila como sendo algo muito positivo, como por exemplo: “Frango deliciosamente grelhado em chama alta, acompanhado por uma suculenta polenta coberta com queijo prato gratinado e crocante”.

Percebem? Você nem se quer provou o prato, mas já acreditou que ele é delicioso, suculento e crocante!

5- Oferecer diferentes opções de tamanhos de um mesmo prato

06

Muitos restaurantes que oferecem porções pequenas e grandes de um mesmo prato, na realidade não são exatamente justos nessa divisão e proporção.

A irregularidade acontece principalmente de dois jeitos, o primeiro deles consiste na porção grande que não vem precisamente o dobro da versão pequena, e a segunda irregularidade, é aquela onde a porção pequena até é de fato a metade da maior, porém o preço não é assim tão diferente.

E ambos os casos os restaurantes saem lucrando, fazendo você inconscientemente acabar gastando um pouco a mais.

6- Acrescentar fotos aos cardápios

06

Será que você se interessaria mesmo por aquele prato diferente e que você nunca comeu, caso não tivesse visto uma foto dele?

Além de servir como fator determinante na hora de pedir ou não um prato, as imagens também servem como uma espécie de “me veja e me deseje”, afinal, você já reparou como realmente conseguimos sentir mais vontade de comer, quando passamos algum tempo vendo imagens de comida?

7- “Promoções” que consistem em adicionar outros itens ao seu pedido

07

Os famosos combos, que aparentemente oferecem uma oportunidade a você, é na realidade uma verdadeira oportunidade para o restaurante.

Isso porque o preço de custo de qualquer alimento vendido, sempre será bem menor do que o que pagamos nessas promoções, ou seja, eles te fazem acreditar que você está de fato economizando, quando na realidade você está consumindo mais coisas, e gerando altos lucros, que provavelmente eles não conseguiriam, caso dependessem da venda unitária daquele produto.

8- Oferecer pratos com preços justos mas abusar no valor das bebidas

08

Esse truque vocês possivelmente já perceberam. Como dificilmente alguém não pedirá algo para beber quando se senta em um restaurante para comer, os estabelecimentos se aproveitam desse detalhe para conseguir aumentar ainda mais os seus lucros.

Ou seja, eles colocam pratos com preços razoáveis, mas bebidas com altos custos que por fim, acabam encarecendo absurdamente a conta do cliente.

 

Fonte

Deixe um Comentário