Seja nas refeições em casa, lanches durante o dia ou naquela visitas às redes de fast-food, é bem possível que você tenha contato com diferentes tipos de refrigerante ao longo do dia. Quase todo mundo já sabe que a bebida não é saudável, mas ela pode estar causando mais danos ao seu corpo do que imagina. Até mesmo os seus ossos podem estar em perigo.

Existe uma teoria que diz que o ácido fosfórico – ingrediente de algumas bebidas com gás, incluindo refrigerantes – pode interferir na absorção de cálcio do corpo. Não existem evidências científicas que isso realmente afete a saúde dos ossos de adultos, no entanto, um pesquisa foi capaz de relacionar bebidas gaseificadas com a densidade deles.

Antes de compreender a pesquisa, no entanto, é importante saber um pouco mais sobre os refrigerantes e sua composição, para poder analisar os efeitos da bebida no corpo humano.

Refrigerante

1

Uma lata de refrigerante pode contar até cerca de 11 colheres de chá de açúcar. Ao entrar em contato com o sangue, esse açúcar pode causar a liberação de insulina no corpo humano. Além disso, os refrigerantes podem conter ácido fosfórico que atinge o intestino e se liga a magnésio, zinco e cálcio. Ao invés dos minerais chegarem até seus ossos, são liberados por meio da urina. É importante registrar que mesmo que você tente trocar os refrigerantes para opções consideradas mais saudáveis, como diet, ainda estará consumindo altos níveis de ácido fosfórico.

Saúde dos ossos

2

Voltando ao estudo mencionado, ao separar dois grupos de mulheres saudáveis que passaram pela menopausa, pesquisadores perceberam que as que beberam refrigerante diariamente após oitos semanas tinham os ossos do quadril com menos densidade que as que beberam apenas água. Segundo o MedPage Today, os efeitos de enfraquecimento dos ossos podem ser mais prejudiciais a mulheres e adolescentes do que homens adultos.

Para adolescentes, o risco é ainda maior. Estudos indicam que nove de cada dez meninas e sete em cada dez garotos tem deficiência de cálcio na alimentação. Ao beber refrigerantes, o corpo está liberando a pouca quantidade de mineral que o corpo já tem, aumentando o risco de fraturas e, mais tarde, osteoporose.

Efeito nos dentes

3

Apesar dos dentes não serem ossos, são compostos de vários dos mesmos minerais. Os dentes são mais fortes que os ossos, porém não tem as mesmas propriedades regenerativas. Sendo assim, se você danifica a dentição, não poderá contar com uma recuperação eficiente como no caso de fraturas de alguns ossos. Beber refrigerantes regularmente pode causar uma erosão nos dentes similar a provocada por algumas drogas ilícitas. Isso porque os ácidos contidos na bebida deixam os dentes mais vulneráveis.

Ao invés de consumir bebidas que diminuem a quantidade de cálcio no corpo, tente matar a sede com outras opções. Porções de água podem ajudar a repor pequenas quantidades do mineral no corpo, assim como o leite. Consumido com moderação, o café – sem açúcar- também pode ser uma boa opção.

 

Fonte

Loading...

Write A Comment