7 horror movies that inspired real-life crimes

7 Filmes de Terror que Inspiraram Crimes na Vida Real

A vida muitas vezes imita a arte, mas isso nem sempre é algo positivo. De fato, tragédias podem ser inspiradas por obras de ficção.

Filmes de terror podem ser pura invenção, mas, ocasionalmente, assassinos da vida real podem se inspirar nos eventos desses longas para cometerem seus crimes.

Assim como crimes reais inspiraram grandes filmes de terror, esses filmes, por sua vez, provocaram assassinatos horríveis.

Normalmente, é preciso muito mais do que assistir obsessivamente a um filme de terror para que uma pessoa seja levada a cometer crimes hediondos.

Dito isso, para mentes impressionáveis e vulneráveis, como crianças ou pessoas que sofrem de problemas mentais, um filme de terror cativante pode ser o suficiente para levá-las a agir de acordo com suas fantasias.

Confira, abaixo, 7 filmes que inspiraram crimes na vida real. (via ScreenRant)

Ghostface em PânicoGhostface em PânicoGhostface em Pânico

Pânico

Em 2002, um trágico incidente ocorreu na França quando um estudante de 17 anos do ensino médio esfaqueou brutalmente uma garota de 15 anos 17 vezes. Depois de ser interrogado pelas autoridades, o estudante admitiu ser obcecado por Pânico. As ações do agressor ecoaram a influência do filme sobre os jovens, levantando preocupações sobre o impacto da mídia sobre indivíduos vulneráveis.

Robert Englund como Freddy Krueger em A Hora do PesadeloRobert Englund como Freddy Krueger em A Hora do PesadeloRobert Englund como Freddy Krueger em A Hora do Pesadelo

A Hora do Pesadelo

Também conhecido como o “Assassino de Freddy Krueger”, Daniel Gonzalez tinha uma obsessão doentia pelo clássico A Hora do Pesadelo, e até se gabava de cometer assassinatos inspirados em Freddy. Depois de atacar 6 pessoas em Londres e Sussex – levando à morte de 4 vítimas – Gonzalez chamou seus crimes de “as melhores coisas” que já realizou. Gabando-se de ser semelhante a Freddy Krueger, Gonzalez revelou que tinha um alter ego que chamava de “Zippy”.

Depois de ser mantido em um centro psiquiátrico, Gonzalez se suicidou em 2006.

Chucky em pôster de O Brinquedo Assassino.Chucky em pôster de O Brinquedo Assassino.Chucky em pôster de O Brinquedo Assassino.

Brinquedo Assassino

A adolescente de Manchester, Suzanne Capper tinha apenas 16 anos quando foi sequestrada, torturada e assassinada por uma gangue de quatro criminosos em 1992.

Um dos sequestradores de Suzanne teria iniciado as sessões de tortura com as palavras: “Chucky está vindo para brincar”.

Antes de Suzanne sucumbir aos ferimentos, seus captores também colocaram fones de ouvido em seus ouvidos, tocando “Hi, I’m Chucky (Wanna Play?)”.

Amanda em Jogos MortaisAmanda em Jogos Mortais

Deixe um comentário